Notícias

Lídice assina proposta de criação de CPI para investigar irregularidades de Pazuello no combate à pandemia

Publicada em 28/01/2021

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) assinou requerimento para a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que irá investigar irregularidades do Ministério da Saúde no enfrentamento à pandemia de Covid-19. O objetivo da CPI é investigar casos de omissão, atos e desvio de legalidade, bem como irregularidades diversas na condução do enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O pedido de abertura de CPI foi protocolado nesta quarta-feira (27/1) pela deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR). O documento que pede a instalação da CPI tem a assinatura de toda a bancada do PT na Câmara e também de líderes dos partidos de Oposição na Casa.

O ministro da Saúde vem enfrentando fortes críticas em relação à conduta que adota no combate à pandemia da Covid-19 no País, agravada nos últimos meses. Além da falta de ações de coordenação no combate à pandemia, Pazuello é especialmente criticado por não ter garantido a compra antecipada de vacinas para imunizar a população brasileira e pela negligência demonstrada diante do caos na saúde pública de Manaus. “Essa CPI vai investigar os crimes cometidos durante a pandemia contra a saúde pública e a vida das pessoas, a começar pela falta de oxigênio em Manaus e a inação do governo para resolver. Pazzuelo e Bolsonaro terão muito a se explicar”, justifica Gleisi.

Segundo informações divulgadas pela imprensa, o Ministério da Saúde soube com 10 dias de antecedência que faltaria oxigênio nos hospitais da capital amazonense e nada fez para evitar a tragédia. Na contramão do que era necessário, o Ministério da Saúde pressionou a rede pública do Estado a adotar um alegado “kit de tratamento precoce”, com medicamentos como hidroxicloroquina e outros, reconhecidamente sem eficácia científica comprovada. A falta de oxigênio nos hospitais de Manaus causou a morte de dezenas de pacientes internados.

Na avaliação da parlamentar baiana, o Ministério da Saúde não agiu adequadamente para prevenir mortes e ajudar estados e municípios a enfrentarem o colapso na saúde pública em função da pandemia. Lídice ressalta “o agravamento da crise em Manaus, onde falta oxigênio e sobra incompetência. Além disso, o governo incentiva o uso de tratamentos precoces sem eficácia comprovada e a situação fica ainda mais complicada com a falta de um cronograma concreto para a entrega e aplicação da vacina em todas as localidades do País”, declara.

Com informações do Portal PT na Câmara

Tags

: > > > > > > > >

Multimídia

Confira aqui alguns vídeos, entrevistas e fotos que mostram o trabalho de Lídice da Mata e acompanhe seus passos.

Acessar Multimídia

Receba informativos por e-mail

    Câmara dos Deputados – Praça dos Três Poderes

    (61) 3215-5913 / 3215-3913 / 3215-1913 / 3215-2913 (fax)

    Anexo IV - 9° andar, Gabinete 913
    CEP 70160-900 - Brasília - DF

    Escritório de Apoio Parlamentar

    (71) 3036-4063 e 3240-3326

    lidice@lidice.com.br

    Rua Jacobina, 64. Salas 101/102, Edf.Empresarial Rio Vermelho
    CEP 41940-160 Salvador - BA

    Acompanhe nas redes sociais