Notícias

Lídice diz que ainda é muito cedo para se definir uma chapa na Bahia

Publicada em 09/01/2018

“Sou, em princípio, candidata a participar da chapa majoritária de Rui Costa porém, acho que ainda é cedo para se tomar qualquer palavra como definitiva. A política tem seu tempo definido pelos fatos e este ano no Brasil nós temos um fato fundamental para o processo político que é a indefinição sobre a candidatura do presidente Lula”. A afirmação foi feita pela senadora Lídice da Mata durante entrevista ao programa Se Liga Bocão, nesta segunda-feira(8), na Rádio Itapoan FM.

De acordo com a Senadora o Brasil há muito tempo não vivia um momento tão intenso de confronto político como esse que estamos vivendo. ”As eleições fazem parte deste cenário de dificuldades e oportunidades. Diante das imprecisões da política nacional, é cedo para se fechar qualquer porta. As conjunções nacionais podem interferir e muito nesse processo político, tanto do ponto de vista de alianças nacionais que podem ser feitas, dificultando as regionais, como também as alianças regionais que podem repercutir nas nacionais”, explica.

Lídice também foi questionada sobre a possibilidade de Jaques Wagner ser candidato à presidência e não disputar a vaga ao Senado. “Para o PT, e eu acho que é correto, o plano A,B e C é Lula. Como isso vai se desenrolar daqui pra frente ainda não se sabe. Estamos diante de uma situação imprevisível, Pensamos em vários caminhos, mas ninguém está na cabeça do juiz”, ressalta.

Sobre a tese da chapa majoritária ser definida pelo tamanho do partido, a senadora voltou a reafirmar que política não é igual à aritmética: “ Não se faz política com a fita métrica na mão para medir o tamanho de ninguém. Política é algo mais complexo, por isso é tão encantador. Até mesmo as previsões de pesquisa são desmentidas num processo político, em que entra a emoção e a reação do cidadão entre fatos novos. É muito cedo para se definir uma chapa na Bahia. Não se formarão chapas regionais, sem estar mais ou menos sinalizado o quadro nacional. Além disso, eleição não é só o momento em que se ganha. É de se fazer vitorioso no projeto político”, pontua.

Em relação ao resultado das últimas pesquisas que mostra ACM Neto na frente a senadora lembrou que pesquisa tão longe da eleição não reflete a opinião do eleitor: “Já vimos isso na Bahia tantas vezes. O nome de ACM Neto é conhecido na Bahia e isso tem impacto numa pesquisa eleitoral. O processo eleitoral é outra coisa e a força de Rui é crescente, ele vem fazendo um excelente trabalho”, explica

Assessoria

09.01.2018

Tags

: > > > > > > > > > > >

Multimídia

Confira aqui alguns vídeos, entrevistas e fotos que mostram o trabalho de Lídice da Mata e acompanhe seus passos.

Acessar Multimídia

Receba informativos por e-mail

Gabinete do Senado Federal

(61) 3303-6408 / 3303-6414 (fax)

lidice.mata@senadora.leg.br

Ala Senador Teotônio Vilela, Gabinete 15 - Anexo 2 Senado Federal CEP 70165-900 - Brasília - DF

Escritório de Apoio Parlamentar

(71) 3240-3455 e 3240-3326

lidice@lidice.com.br

Rua Jacobina, 64. Salas 101/102, Edf.Empresarial Rio Vermelho
CEP 41940-160 Salvador - BA

Acompanhe nas redes sociais