Notícias

Mais 21 heróis e heroínas inscritos no Livro de Aço no Panteão da Pátria

Publicada em 14/12/2018

Novos heróis e heroínas nacionais foram inscritos na quarta-feira (12/12) no Livro de Aço, no Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes. Quatro personalidades tiveram seus nomes inscritos com origem no Projeto de Lei do Senado – PLS 535/2011, aprovado em 2015 pelo Senado e em 2018 na Câmara dos Deputados. O projeto foi iniciativa dos senadores baianos Lídice da Mata, Walter Pinheiro e João Durval. Assim, os nomes de Maria Quitéria, Joana Angélica, Maria Felipa e João das Botas no Livro dos Heróis da Pátria representam a preservação da memória, da cultura e da história do Brasil e da Bahia. Todos eles foram mártires da Independência da Bahia, ocorrida em 2 de julho de 1822. São quatro símbolos da saga baiana que marcou a luta pela Independência do Brasil e determinou o início da independência efetiva do país de Portugal.

 

Também foi incluído no livro o nome de Miguel Arraes, político pernambucano falecido em 2005. O projeto que sugeriu a inclusão de Arraes no livro histórico teve relatoria da sendora Lídice. Além de Arraes, Machado de Assis, Rui Barbosa, Euclides da Cunha e Zuzu Angel, entre outros, passam a compor um rol que já somava 31 personalidades, como Tiradentes, Zumbi dos Palmares e Anita Garibaldi.

 

“São pessoas que contribuíram no processo de independência do Brasil, da abolição da escravidão, na luta pela democracia e por um País mais justo para todos”, destacou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, durante a solenidade.

 

Inaugurado em 7 de setembro de 1989, o Panteão da Pátria abriga o Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, também conhecido como Livro de Aço, que homenageia pessoas que tiveram papel fundamental na construção do País.

 

Como ocorre a inclusão de nomes – Para ter o nome no livro, é necessário que o Senado Federal e a Câmara dos Deputados aprovem uma lei com a inclusão. Só podem ser homenageadas pessoas falecidas (ou que tenham presunção de morte) há, pelo menos, 10 anos. O Livro de Aço homenageia a liberdade, a democracia e todos os homens e mulheres que se sacrificaram para garantir a autonomia e o engrandecimento da nação nos episódios históricos em que o direito à liberdade foi colocado em risco.

Novos heróis e heroínas da pátria

  1. Antônia Alves Feitosa, Jovita Feitosa — primeira mulher a tentar se alistar nas Forças Armadas
  2. Bárbara Pereira de Alencar — considerada uma das primeiras brasileiras a se envolver com temas políticos
  3. Cândido Mariano da Silva Rondon, o Marechal Rondon — militar e sertanista
  4. Clara Camarão — indígena brasileira
  5. Euclides Rodrigues Pimenta da Cunha — engenheiro militar, jornalista, ensaísta e historiador, escreveu a aclamada obra Os Sertões
  6. Francisco José do Nascimento, Dragão do Mar — líder comunitário abolicionista
  7. João Francisco de Oliveira, João das Botas — ativista pela Independência
  8. João Pedro Teixeira — defensor do trabalhador rural
  9. Joaquim Francisco da Costa, Irmão Joaquim do Livramento — religioso
  10. Joaquim Maria Machado de Assis — escritor e intelectual brasileiro
  11. José Feliciano Fernandes Pinheiro, Visconde de São Leopoldo — jurista e escritor
  12. Leonel de Moura Brizola — político
  13. Luís Gonzaga Pinto da Gama, Luiz Gama — líder abolicionista, jornalista e poeta
  14. Maestro Antônio Carlos Gomes — autor da ópera O Guarani
  15. Maria Felipa de Oliveira — ativista pela Independência
  16. Maria Quitéria de Jesus Medeiros — ativista pela Independência
  17. Martim Soares Moreno — militar português considerado o fundador do estado do Ceará
  18. Miguel Arraes de Alencar — político
  19. Rui Barbosa — advogado, jornalista, jurista, político, diplomata, ensaísta e orador
  20. Sóror Joana Angélica de Jesus — religiosa
  21. Zuleika Angel Jones, Zuzu Angel — estilista e ativista

 

Assessoria de imprensa, com informações da Agência Brasil

Leia também: Personagens do Dois de Julho serão reconhecidos como heróis da Pátria

Ouça também reportagem da Rádio Senado: Sancionada lei que inclui o nome de Miguel Arraes no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria

Tags

: > > > > > > >

Multimídia

Confira aqui alguns vídeos, entrevistas e fotos que mostram o trabalho de Lídice da Mata e acompanhe seus passos.

Acessar Multimídia

Receba informativos por e-mail

Gabinete do Senado Federal

(61) 3303-6408 / 3303-6414 (fax)

lidice.mata@senadora.leg.br

Ala Senador Teotônio Vilela, Gabinete 15 - Anexo 2 Senado Federal CEP 70165-900 - Brasília - DF

Escritório de Apoio Parlamentar

(71) 3240-3455 e 3240-3326

lidice@lidice.com.br

Rua Jacobina, 64. Salas 101/102, Edf.Empresarial Rio Vermelho
CEP 41940-160 Salvador - BA

Acompanhe nas redes sociais