Notícias

“Declaração do ministro da Saúde é inclassificável e confirma caráter genocida do Governo Bolsonaro”, afirma Lídice

Publicada em 07/12/2021

 

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) reagiu com perplexidade à declaração do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que declarou que é melhor perder a vida à liberdade, numa defesa à não adoção do Passaporte de Vacina no Brasil. “Não tem como classificar. Isso só confirma o caráter genocida do governo de Jair Bolsonaro”, disse.

Para a parlamentar baiana, o presidente da República e seus simpatizantes anti-vacina não mostram nenhum respeito às famílias dos mais de 615 mil mortos por COVID-19 no Brasil em quase dois anos de pandemia. “Chega a ser um escárnio com aqueles que perderam seus pais, mães, avós, filhos e amigos queridos. Eles deturpam o verdadeiro sentido da palavra liberdade e mostram na prática o que é ilumine governo que prioriza mortes”, finalizou.

Multimídia

Confira aqui alguns vídeos, entrevistas e fotos que mostram o trabalho de Lídice da Mata e acompanhe seus passos.

Acessar Multimídia

Receba informativos por e-mail

    Câmara dos Deputados – Praça dos Três Poderes

    (61) 3215-5913 / 3215-3913 / 3215-1913 / 3215-2913 (fax)

    Anexo IV - 9° andar, Gabinete 913
    CEP 70160-900 - Brasília - DF

    Escritório de Apoio Parlamentar

    (71) 3036-4063 e 3240-3326

    lidice@lidice.com.br

    Rua Jacobina, 64. Salas 101/102, Edf.Empresarial Rio Vermelho
    CEP 41940-160 Salvador - BA

    Acompanhe nas redes sociais