Notícias

Familiares se emocionam durante homenagem de Lídice a Moa do Katendê

Publicada em 25/02/2019

Ao som de atabaques, berimbaus e de um  Afoxé, a deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) homenageou, neste sábado (23), o mestre de capoeira e produtor cultural Moa do Katendê. Ela entregou a familiares do artista, que foi brutalmente assassinado em outubro do ano passado, a Comenda Câmara Cascudo, que reconhece a importância de personagens para o fomento da cultura. O evento, que ocorreu no Colégio Victor Civita, na comunidade de Dique Pequeno, em Salvador, contou com a presença de filhos e sobrinhos de Moa, capoeiristas, músicos e estudantes. Também participaram das homenagens, as secretárias de Estado Arany Santana (Cultura) e Fabya Reis (Promoção da Igualdade Racial), além dos vereadores Silvio Humberto e Marta Rodrigues, bem como integrantes de movimentos culturais da cidade. 

“Ninguém pode proibir os grupos capoeira de se apresentarem, não se pode ir contra o candomblé ou qualquer manifestação afro-religiosa, pois essas questões não dependem de governos e de presidente da República, pois suas manifestações estão asseguradas na Constituição Federal. E hoje aqui estamos fazendo uma homenagem que significa o início a uma série de manifestações de repúdio à violência na política, de reafirmação da nossa cultura afro-brasileira e de que a nossa luta continua”, afirmou Lídice.

Emocionada, a produtora cultural Jasse Costa, filha de Moa do Katendê, falou sobre a comenda. “Estou feliz com essa homenagem, pois ela mostra o quanto meu pai era importante para a cultura da cidade de Salvador”, disse. 

As secretárias de Estado, Arany Santana e Fabya Reis ressaltaram o reconhecimento a Moa . 

“Quero parabenizar a deputada Lídice por esse ato que mostra o seu compromisso com a cultura e com o povo negro. disse, Fabya Reis. “Graças à sensibilidade de Lídice estamos aqui hoje. Estou orgulhosa por essa comenda ir para as mãos de familiares do mestre Moa, que continuará vivo em nossos corações”, destacou Arany Santana.

O mestre Lua, de capoeira, reforçou o sentimento de resistência.  “Estamos aqui hoje sorrindo, dançando e batendo palmas porque o afoxé, o candomblé e a capoeira são isso. As crianças presentes aqui hoje são a nossa resistência viva, nossa esperança e que vão levar o nome de Moa no futuro”, pontuou o Mestre Lua.

Colégio Moa do Katendê

A professora e diretora Rodrenice Santana aproveitou a oportunidade e fez um pedido em nome de toda a comunidade: mudar o nome da unidade escolar para Colégio Estadual Moa do Katendê. O pleito foi apoiado por todos os presentes e enfatizado pelos vereadores Marta Rodrigues (PT) e Silvio Humberto (PSB).

Tags

: > > > > > >

Multimídia

Confira aqui alguns vídeos, entrevistas e fotos que mostram o trabalho de Lídice da Mata e acompanhe seus passos.

Acessar Multimídia

Receba informativos por e-mail

    Câmara dos Deputados – Praça dos Três Poderes

    (61) 3215-5913 / 3215-3913 / 3215-1913 / 3215-2913 (fax)

    Anexo IV - 9° andar, Gabinete 913
    CEP 70160-900 - Brasília - DF

    Escritório de Apoio Parlamentar

    (71) 3036-4063 e 3240-3326

    lidice@lidice.com.br

    Rua Jacobina, 64. Salas 101/102, Edf.Empresarial Rio Vermelho
    CEP 41940-160 Salvador - BA

    Acompanhe nas redes sociais